Sexóloga dá dicas para apimentar o sexo

Como apimentar o sexo

Eu sei que manter o desejo e o interesse na cama pode não ser fácil.

Muitos casais, apesar de se amarem muito e terem um ótimo relacionamento, reclamam que as coisas na cama tendem a ficar repetitivas. E quando o tédio entra, a vontade acaba.

Portanto, é preciso sempre estimular a mente e o corpo com novidades e nada melhor do que estratégias que vão direto ao ponto central do desejo sexual: a mente.

O melhor afrodisíaco do mundo é a excitação causada pela curiosidade e a busca pelo novo. Então, siga estas três sugestões que vão deixar você e seu parceiro(a) animados como no começo do namoro:

Mostre seu prazer

Mostre seu prazer

Ver alguém sentindo prazer é um estimulante poderoso. Por isso, ver ou mostrar como você se masturba pode ser uma forma excitante de levar uma novidade para o quarto.

Escolha uma posição e diga ao seu parceiro(a) que por enquanto ele(a) pode ver, mas não pode tocar. Comece a percorrer seu corpo devagar, olhe bem nos olhos dele(a) e devagar vá se despindo.

Aos poucos comece a acariciar-se por todo o corpo, de forma sensual e livre. Às vezes, no começo, é normal sentir um pouco de vergonha, mas com o tempo você vai se soltando.

Comece a se dar prazer com os movimentos que você mais gosta. Deixe que seu parceiro(a) curta um pouco este momento apenas com os olhos, antes de permitir que ele te toque.

Assista um filme erótico feminista

Assista a um filme erótico feminista

É isso mesmo que você leu! Muitas mulheres não curtem filmes eróticos porque estes são produzidos para o público masculino.

Muitas vezes estão longe da realidade e o enredo nem sempre anima. Hoje em dia há cineastas do mundo erótico produzindo filmes especialmente para mulheres.

Com bons enredos que estimulam a criatividade e o desejo, com cenas quentes que valorizam o prazer da mulher e com corpos mais próximos da realidade.

Vele começar pelos seguintes títulos:

“Five hot stories for her” – por Erika Lust

(Para comprar e ver mais títulos acesse Erika Lust)

“Life, love, lust” – também da Erika Lust

(Para comprar e ver mais títulos acesse Erika Lust)

“O prazer é todo meu” – dirigido por Louise Lush

Para encontrar mais filmes eróticos acesse:

Leia uma história erótica

Leia uma história erótica

Ler uma história para o parceiro(a) na cama pode ser um estimulante em si ou até mesmo uma forma de relaxar e se preparar para o momento do sexo.

Ler um conto ou uma história erótica é um ato de entrega e ver e ouvir o parceiro(a) contando, falando abertamente de erotismo pode ser extremamente excitante.

Prepare o ambiente com uma luz mais amena; você pode incluir óleos e velas perfumadas no ambiente.

Peça para que seu parceiro se deite confortavelmente e diga que você andou lendo algumas histórias gostosas e que separou uma que você gostaria de compartilhar.

Vocês podem só ouvir ou encenar depois.

Para começar sugiro a série “Os Melhores Contos Eróticos Femininos” e “Os Melhores Contos Eróticos Masculinos” da editora Globo.

Seguem indicações de livros:

  • Trilogia Cinquenta Tons de Cinza. E. L. James. Ed. Intrínseca.
  • Toda Sua. Sylvia Day. Ed. Paralela
  • Luxúria. Eve Berli. Ed.Lua de Papel
  • As 100 Melhores Histórias Eróticas da Literatura Universal. Org. Flavio M. da Costa. Ed. Ediouro.

Lembre-se: o sexo é uma brincadeira, portanto explore, ouse, divirta-se. Com esta atitude a vontade de inovar e aproveitar cada vez mais surgirá espontaneamente.

Este artigo foi publicado originalmente no Portal Sexosemdúvida.com.

Vote! Quantas estrelas esse artigo merece?

(2 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...

Comentários