Do trabalho para casa, e da casa para a cama

Transição entre trabalho, casa e sexo

A separação entre o trabalho e a vida doméstica tem sido cada vez menor. Nós vivemos em uma sociedade que prioriza resultados e produtividade.

Com isso, passamos quase todo o tempo conectados e a sensação de que o trabalho nunca acaba é comum.

Acontece que além do trabalho, a vida no lar, a brincadeira, o lazer e a vida amorosa e sexual são fundamentais para a qualidade de vida.

Leia também:

Mesmo pessoas que não vêem a hora de encontrar o parceiro (a) precisam fazer uma transição dos momentos de responsabilidade para os momentos de prazer.

Isso requer que você crie um limite entre as zonas de trabalho e o espaço do desejo e do erótico.

Há duas mudanças internas que precisam ser feitas antes de você entrar em um “espaço erótico” com seu companheiro(a): De profissional para parceiro(a) e de parceiro(a) para amante.

Desenvolver o erotismo e o desejo sexual em casa requer atenção e investimento; nada mais é tão espontâneo como nos tempos de namoro.

É preciso criar uma atmosfera de relaxamento, onde a curiosidade possa ter lugar. Veja quatro dicas de rituais que podem ajudar nesta transição do trabalho pra casa e da casa pra cama:

Invista na antecipação durante o dia

Sexo com compromisso tem de ser programado sim. Entenda programar como antecipar e criar expectativas.

Por exemplo, suponha que você vai a seu show favorito esta noite. Provavelmente durante o dia você vai pensar no show, talvez ouça algumas músicas preferidas daquela banda, lembrará de outras vezes que a assistiu, etc.

Inconscientemente você está criando expectativas sobre a ótima noite que terá e isto faz com que você se sinta vivo e energizado. Sexualmente é mesma coisa. É preciso antecipar, criar expectativas, despertar o desejo na imaginação.

Você pode avisar o parceiro (a) para desligar o celular e TV à noite; comprar vinho, flores ou algo que seja significativo para a dinâmica de vocês ou ainda enviar uma mensagem ou e-mail sugestivo, por exemplo.

Mantenha um ritual de relaxamento ao final do dia

É preciso enviar ao cérebro a mensagem de que “o trabalho acabou”. Troque de roupas ao chegar em casa, faça uma atividade física, leia uma revista, tome um banho, qualquer atividade que dê início ao processo de relaxamento.

Se conecte com seu parceiro(a) quando chegar em casa

Ao chegar em casa, antes do cachorro, da planta, dos e-mails e da geladeira, lembre-se: primeiro as pessoas.

É importante que ao chegar você foque nos seu relacionamento, por exemplo, beijando seu parceiro(a) assim que chegar.

Não precisa ser nada erótico ainda, basta demonstrar que agora o foco e atenção estão na relação e na pessoa que está a seu lado, este é um passo fundamental para despertar o desejo.

Mude o clima e o ambiente

Crie um espaço de transição em que vocês saiam do papel de pais/ parceiros de negócios/ amigos para o de amantes.

Não precisa incluir sexo imediatamente nem todas as vezes, mas estar juntos de uma forma sensual, voltados para si e para o outro é condição necessária para uma boa intimidade na cama.

Por exemplo, você pode colocar uma música romântica para tocar, sair para um passeio a dois, abrir uma garrafa de vinho, preparar um banho, acender velas, ler um para o outro, etc., o que funcionar para vocês se conectarem.

Estas dicas não produzem desejo imediato, mas ajudam a mudar o modo mental, o humor e a sensibilidade para um modo com menos pressão e mais erotismo.

Artigo publicado no Blog da Psicóloga Gabriela Daltro

Vote! Quantas estrelas esse artigo merece?

(1 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...

Comentários