Jogos Eróticos – 7 Dicas pra você começar hoje mesmo

Jogos e brincadeiras faziam parte do nosso dia a dia na nossa infância não é mesmo? Mas conforme vamos entrando na fase adulta as prioridades são outras e vamos ficando mais sérios. E com isso vai aumentando o julgamento, a autocrítica e os bloqueios.

No sexo, acabamos nos preocupando muito com o desempenho. Ou seja, você tem que fazer tudo certo, ter e dar prazer, seguindo uma linha de desejo, excitação e orgasmo.

E quando tudo parece uma obrigação, acaba a diversão. E sem diversão, tudo cai na rotina. Mas se você não quer deixar isso acontecer uma ótima pedida é experimentar os jogos eróticos. Com eles é possível sair da rotina e deixar seu relacionamento mais interessante.

Leia também:

Jogos Eróticos

Sugestões de jogos eróticos

  • Jantar Erótico
  • Dominação e Submissão
  • Usar fantasias e incorporar papéis
  • Leitura de um conto erótico juntos, estimulando a criatividade
  • Striptease – tradicional, em dupla ou com jogos como o strip poker
  • Jogos de Sex Shop – dados e baralhos eróticos, jogos de perguntas, etc
  • Assinatura mensal de produtos eróticos (Sugestão do Amo Como Sou: Adeus Rotina)
  • Brincar com a cor da lingerie e incorporar a personalidade que aquela cor representa
  • Papéis da sorte – listem tudo o que vocês gostam, façam um sorteio e corram pro abraço
  • Brincadeiras no chuveiro – o chuveirinho pode ser um ótimo aliado para recompensas ou punições

Agora, se você nunca experimentou e tem vergonha ou receio, confere essas 7 dicas e comece hoje mesmo!

1 – Saiba separar a realidade da fantasia

Basicamente quando a gente vira adulto, o único espaço que a gente tem pra brincar e fazer de conta é no sexo. É muito importante ter esse espaço de brincadeira, ou seja, ter o seu espaço erótico. 

Mais do que isso, é muito importante que você entenda que o que acontece no seu espaço erótico não te representa na vida real. O que você deseja nesse momento raramente tem a ver com o seu ego, a sua imagem, a sua personalidade ou o seu caráter.

O espaço erótico é o seu momento de extravasar, de se descobrir e de se permitir imaginar e fantasiar, sem medo e sem vergonha.

2 – Defina um objetivo para os seus jogos eróticos

Todo jogo tem um objetivo final, certo?! A mesma coisa acontece com os jogos eróticos. Portanto, pra você definir sua brincadeira, pense o que você deseja com ela:

  • Excitar o parceiro(a)
  • Esquentar e apimentar a relação
  • Experimentar uma outra personalidade, ganhando autoconfiança
  • Estabelecer confiança entre você e seu parceiro(a)
  • Melhorar a comunicação e o engajamento do casal

A partir do momento em que você descobrir o que você quer, é só escolher quais jogos eróticos vão satisfazer a sua necessidade.

3 – Comece com suavidade

Sei que nesse momento sua mente já está a mil pensando o que fazer, já tá querendo sair por ai comprando uma super fantasia sexy e um baralho do kama sutra, mas CALMA!

O objetivo da brincadeira é relaxar, estimular o desejo, aumentar a comunicação, a conexão, a excitação e nunca amedrontar ou assustar seu parceiro, certo?!

Então, se você está experimentando alguma coisa nova, vamos de leve e ai a gente vai aumentando a intensidade conforme a intimidade vai aumentando também.

4 – Prepare o Ambiente

O que acontece quando você chega em casa depois de um longo dia de trabalho e encontra tudo igual?

Isso mesmo, não acontece nada, pois o seu cérebro não identificou nada diferente e com isso tende a continuar na sua rotina habitual.

Portanto, é fundamental que você comece a aprender a criar situações pra fazer com que seu parceiro(a) consiga sair do espaço de realidade e ir para o espaço de fantasia.

O melhor jeito de fazer essa transição é trabalhando o ambiente e criando antecipação. Prepare um ambiente pra ser o espaço erótico de vocês, separe um objeto diferente, velas, uma bebida, uma música que já faça a pessoa sentir o clima. Enfim, use a sua criatividade.

5 – Se necessário, pratique primeiro

Se você decidir trabalhar algumas fantasias, por exemplo de alguns papéis profissionais, pode ser interessante ensaiar primeiro. Você pode praticar alguns movimentos e treinar algumas frases e falas.

Não se preocupe em perder a espontaneidade com isso, pelo contrário, dessa forma você vai sentir-se mais segura na hora h.

6 – Compartilhe fantasias

Mesmo que você tenha definido seu objetivo e escolhido alguns jogos eróticos pra praticar com o parceiro(a), é importante que ele esteja confortável com aquilo. Por isso, é importante que vocês conversem sobre as suas fantasias.

Vocês podem começar falando sobre o que vocês tem curiosidade de experimentar, mesmo achando ele(a) não tem o mesmo desejo. E aos poucos vocês começam a se soltar e se sentir mais livres para compartilhar desejos mais ousados e, claro, colocar em prática.

7 – Delimite as regras do seus jogos eróticos

Quando falamos em regras, normalmente pensamos em o que pode e o que não pode fazer. Porém, quando falamos em jogos eróticos é importante entendermos o conceito de consentimento gradual. Ou seja, não precisa ser radical, ou você topa tudo ou não topa nada.

Portanto, você pode topar alguma coisa até certo ponto e depois parar, ou dependendo do clima você aceita continuar. Algumas situações você realmente não topa de jeito nenhum. Enfim, conversem sobre as variáveis envolvidas e delimitem as fronteiras.

Porque quanto mais confiança você tem de que seu limite vai ser preservado, mais você se solta no que você se permitiu e mais próximo você fica da fronteira do seu limite. E algumas vezes, a vontade é de ultrapassar esse limite e você expandir a tua experiência sexual.

Vote! Quantas estrelas esse artigo merece?

(3 avaliações, média: 4,67 de 5)
Loading...

Comentários